ALFREDO LOPES

http://www.edermeneghine.com.br/web/index.php
http://www.harpiaconsulting.com.br/
http://aibnews.com.br/

Eder Meneghine é o dono da festa!
Responsável por um dos maiores buffets especializados no atendimento ao mercado de luxo do Rio de Janeiro, EDER MENEGHINE ganhou fama na época em que atuava como designer de interiores.  Porém a maestria com a qual  conduzia a decoração das coberturas e mansões da Barra da Tijuca, permanece intacta ao dirigir  sua empresa de eventos.  Seu nome, sinônimo de qualidade e requinte, está no topo da lista quando o  desejo é realizar um evento inesquecível.  Para desvendarmos um pouco desse universo mágico  entrevistamos Eder e obtivemos respostas surpreendentes.  Confira!


1-) O que não pode faltar para um evento ser um sucesso?
EM: Alegria... alegria do contratante, do aniversariante, dos noivos, dos debutantes, alegria de quem quer fazer a festa, de quem está colocando à disposição um sonho.
2-) Você trabalha com eventos há muito tempo, como você consegue entender e reproduzir exatamente o desejo do cliente?
EM: Através da neurolinguística.  Estudo essa ciência há muitos anos e a prática me faz entender a linguística do cliente, hoje em dia acontece de forma natural.  Me sinto uma pessoa mais sensível para absorver a mensagem.
3-) Qual a parte do trabalho que você mais gosta... que te faz se superar sempre?
EM: Elogios.  O elogio incentiva a continuar.  A satisfação do cliente e seus elogios dá a sensação que posso ser eterno naquilo que faço.

4-) Você organiza festas ao redor do mundo... entre as realizadas, houve alguma que tenha sido inesquecível para você?
EM: Sim, um casamento que fiz para apenas um casal, em Mikonos, na Grécia.  Foi impressionante, fiz uma produção de quinze dias, seiscentas velas e só os dois estavam no casamento.  Um jantar para apenas duas pessoas.  Do pôr do sol ao amanhecer e só os dois passando energia um para o outro. 

4-) Como são os eventos no exterior?  Fale um pouco sobre isso:

EM: Vou ao local e crio bases de apoio, seja em São Paulo, Paris ou Cartagena.  Crio base de serviços de cozinha, de garçons... vou tecendo a festa com coisas e produtos do próprio local, noventa por cento das coisas você encontra pelo mundo, ou então faz adaptações.  Todo lugar tem produtos parecidos.  O resultado é sempre um espetáculo!